Fucking week!

Fucking week!
São as palavras que descrevem a minha semana passada. Fucking cancer! De repente uma das minhas tias mais queridas desapareceu, assim do nada, o raio do bicho consumiu-a por completo, tirou-lhe o sorriso, tirou-lhe as forças, tirou-lhe a boa disposição, tirou-lhe tudo.
Foi duro vê-la ali deitada no caixão, sem sorrir e ela que andava sempre a sorrir, sem ouvir a sua voz, foi duro ver o meu tio entregue à tristeza de quem perdeu a mulher que o acompanhou durante uma vida. O que nos traz mais consolo é saber que ela agora não sofre mais... e se sofreu nestes últimos tempos...
Para que não bastasse, a semana passada também me trouxe a angustia de saber que a minha mãe também poderia padecer do mesmo. Maldita carta! Depois de uma mamografia, recebemos uma carta para fazer mais exames, desta vez em Coimbra.Foram 5 longos dias...Felizmente correu tudo bem, tudo não passou de um enorme susto!
Uma vez li algures que o cancro deve ser tratado/lidado como uma qualquer outra doença, que as pessoas assim que lhes é diagnosticado um cancro reagem como se lhes fosse lida uma sentença de morte.Na altura achei que até poderia ter algum sentido aquele texto, mas agora a ver esta realidade tão perto, acho que dificilmente conseguiria lidar com esta doença de forma tão "pacífica".
Maldita doença!

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares